Resenha #3: O Reino Das Vozes Que Não Se Calam – Carolina Munhoz & Sophia Abrahão

Ooi pessoal! Primeiramente peço miiil desculpas por ficar tanto tempo sem escrever para vocês! Acontece que fiquei sem internet durante esses dias, mas agora as coisas já se normalizaram por aqui 😉

PicsArt_1424544666533[1]

Porque os humanos não podem sonhar com o que querem?”  Essa é uma das perguntas que não saem da cabeça de Sophie, uma adolescente ruiva e, aos olhos dos outros, considerada anoréxica. Por ser muito magra e seu jeito de vestir ser estranho, as pessoas de seu colégio a ignoram e lhe colocam apelidos maldosos, o que faz com que a menina fique com a auto-estima mais baixa a cada dia.

No início do livro, ela e sua única e melhor amiga Anna, têm uma briga feia em uma festa, e ficam sem se falar por um bom tempo. Em um dia totalmente normal, ela conhece Léo. Um menino alto, com cabelos enrolados, e por incrível que pareça, com o mesmo estilo de Sophie. Ele fica encantado com ela, e tenta se aproximar ao máximo, mas ela é bem fria, e suas tentativas de afastá-lo são mal sucedidas.

Na noite, da briga com Anna, Sophie chega em casa, e se deita na cama aos prantos de choro, e em questão se segundos é sugada para um outro mundo, onde tudo é lindo e colorido! As flores cantam, os gatos falam, e até fadas existem! Neste reino, Sophie é a princesa, e sua avó, a rainha. Algum tempo depois ela continua a visitar esse Reino durante seus sonhos, e tem vontade de ficar lá para sempre, porque todos a aceitam como ela é. Para isso acontecer, teria que passar por 3 etapas. Ela consegue passar pelas duas primeiras sem nenhum problema, mas interpreta a terceira de um modo errado, e tenta se suicidar tomando vários remédios de uma vez.

Com o suicídio mal sucedido, ela deixa todos ao seu redor muito preocupados, e começa a ir ao psicólogo. Certa noite, ela volta ao Reino, e nada parece como antes. As flores já não cantam mais, os poderes das fadas se esgotam, as coisas já não são coloridas como antes, e as pessoas estão tristes, por sua causa. Ela se sente culpada por isso e promete conseguir reverter a situação. Ela acaba conseguindo passar pela terceira etapa, e tudo volta ao normal. Prefere ficar junto com sua família e seus amigos, mas, promete ir visitar o pessoal no Reino sempre. Sophie e Léo começam a namorar, ela e Anna se desculpam e, percebe que o que tornava seus dias tão cinza era o modo de como ela via as coisas, e que a vida pode sim se tornar melhor em questão de pouquinho tempo!

Eu particularmente, AMEI o livro! Tenho certeza que vocês também vão adorar explorar cada cantinho deste Reino com a Sophie! E ai, topam?! 😉

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s